FACEBOOK

segunda-feira, 14 de outubro de 2013

Valéria Oliveira canta - Em Águas Claras - (2013)

Valéria Oliveira lançou o tão aguardado CD "Em águas claras" em homenagem à Clara Nunes com patrocínio da COSERN e do Governo do Estado por meio da Lei Câmara Cascudo de Incentivo à Cultura. O Maestro e gaitista Rildo Hora, que assina a produção musical e a maior parte dos arranjos do CD.
(Foto: Reprodução/Tribuna do Norte)
Nomes de grandes músicos do universo do samba estão presentes no CD como Carlinhos 7 cordas, Marcos Esguleba, Pretinho da Serrinha, Jamil Joanes, Camilo Mariano, Hulk, e Misael da Hora, músicos do Rio de Janeiro, e Del do Pandeiro e Jubileu Filho, de Natal, que acompanham Valéria desde o início do projeto em águas claras. Nos vocais, Maestro Bruno Leonardo, Patrícia Hora e Nina Pancevsky.
Gravado na Companhia dos Técnicos no Rio de Janeiro e no Megafone em Natal, o processo de gravação proporcionou um produtivo intercâmbio cultural entre os músicos das duas cidades.
O CD em águas claras conta ainda com a participação especial de Monarco e da Velha Guarda da Portela na faixa “Jardim da Solidão” e com as participações do Maestro Rildo Hora, Márcio Vanderlei, Zé Hilton, Antônio de Pádua, Willames Costa, Jotapê, Alexandre Moreira, Cacá Veloso, Raphael Almeida e Kelliney Silva que dão um toque especial ao CD. Participam ainda dos vocais, Ângela Castro, Tiquinha Rodrigues e Alexandre Piter e alguns amigos de Valéria no coro popular nas faixas Portela na Avenida e Alvoroço no Sertão.


O repertório, fruto de pesquisa iniciado por Valéria em 2008, inclui alguns clássicos como “Tristeza pé no chão” (Armando Fernandes), “Canto das três raças” (Mauro Duarte/Paulo César Pinheiro), “Você passa eu acho graça” (Ataulpho Alves/Carlos Imperial), “Conto de areia” (Romildo/Toninho), “O mar serenou” (Candeia), “Juízo final” (Nelson Cavaquinho/Élcio Soares), “Minha Missão” (João Nogueira e Paulo César Pinheiro), “Portela na avenida” (Mauro Duarte e Paulo César Pinheiro), “Um ser de luz” (João Nogueira, Mauro Duarte e Paulo César Pinheiro) e “Mineira” (João Nogueira e Paulo César Pinheiro).
Estão presentes também no CD outras pérolas que não foram tão difundidas na voz de Clara como “Casinha Pequenina” (domínio público); “Apenas um Adeus” (Edil Pacheco/Paulinho Diniz/Roque Ferreira); “À Flor da Pele” (Clara Nunes/Maurício Tapajós/Paulo Cezar Pinheiro); “Alvoroço no Sertão” (Aldair Soares/Raymundo Evangelista); “Puxada da rede do xaréu” (Maria Rosita Salgado Góes); “Basta um dia” (Chico Buarque) e “Jardim da Solidão” de Monarco.
O encarte do CD em águas claras, assinado pelo potiguar Jorge Henrique, traz recortes de um passado de Clara Francisca em Caetanópolis, cidade natal da mineira, imagens da casa em que ela nasceu e passou a infância, além de peças e matrizes de tecidos expostos no museu Têxtil Décio Mascarenhas, da Fábrica do Cedro, onde Clara, seguindo os passos da família, iniciou sua carreira profissional como tecelã. Valéria Oliveira recebeu o aval de Dona Mariquita, irmã e madrinha de Clara Nunes, para a realização da homenagem e diversas pessoas da terra natal da sabiá mineira já confirmaram a presença no lançamento incluindo o jornalista e escritor Newton Vieira que assina a apresentação do CD.

BAIXE O CD CLICANDO NA CAPA

1 comentários:

Postar um comentário