FACEBOOK

quarta-feira, 1 de fevereiro de 2012

Venice - "FRIEND" (2011)

(Foto: Reprodução da internet)
Alguns anos atrás, aparecia na cena musical independente potiguar, a banda Venice Under Water. Tocando, majoritariamente, um rock melódico e com uma forte pegada, quem acompanhava os shows da cidade percebeu que a banda não estava ali de passagem, muito pelo contrário: em todo lugar que iam, chamavam mais e mais atenção do público e dos produtores. Tanto que a banda já tem quatro EPs na bagagem, além de apresentações em festivais e shows por todo Nordeste. No entanto, ainda assim, parecia que eles estavam imersos num mesmo cenário, fitando o mesmo horizonte.
Após mudanças essenciais que moldaram, de certa forma, o som da banda, a Venice Under Water retorna de nome “enxugado” (apenas Venice) e nova formação – e, consequentemente, um novo som. Mostrando uma excelente maturidade, mas sem perder a força e peso adquiridos no começo da carreira, a banda lança seu novo disco, “Friend“, e prova que está pronta para apresentar ao ‘Brasil Independente’ sua “fase fora d’água” – como disse o PopFuzzselo de lançamento do disco.
Caminhando no campo das bandas de post-hardcore no início dos anos 2000, porém com (muitos) pés em distorções e guitarradas de bandas como Dinosaur Jr. e, principalmente, o “recente” Foo Fighters,  ”Friend” é composto por (poucas) oito faixas incendiárias, que enchem o ouvido com um (agradável) barulho de guitarras altas e baterias destruidoras. Assim, o disco inteiro sobrevoa sobre um mar de riffs e solinhos, vocais firmes e bem tonalizados, além das pausas entre uma “porrada” e outra na mesma música, quase como um momento para tomar fôlego e seguir adiante.
Todas as faixas são essencialmente boas, mas a que inicia o disco, “Half Dead“, e a que finaliza, “XL“, poderiam facilmente se encontrar soltas num mar de discos como Wasting LightBug Songs For The Deaf, pegando influências, acordes e sonoridades deles, mas dando aquele o retoque próprio, deixando transparecer a identidade Venice.
"FRIEND" foi gravado no Estúdio DoSol, mixado e masterizado no Megafone Estúdio e lançado, de forma virtual, através do selo Popfuzz Rec.
Fonte: rockinpress
Mais informações nos sites: Myspace | Facebook | Trama Virtual DoSol
Fonte: 

Destaco a faixa "Half Dead" que abre o disco

BAIXE O CD CLICANDO NA CAPA
Local: Natal, RN, Brasil R. Chile, 30-40 - Ribeira, Natal - RN, 59012-250, Brasil

0 comentários:

Postar um comentário